LANCE!
29/12/2019
18:08
Macau (CHN)

Gilmar Tadeu é o comandante do CPK, ou Chao Pak Kei, clube que disputa a primeira divisão do futebol em Macau e participará da AFC Cup, competição continental, em 2020.

O técnico Gilmar Tadeu aceitou tocar um projeto que poucos teriam a coragem de acreditar e fazer acontecer. Ele assumiu o comando do CPK, ou Chao Pak Kei, clube que disputa a primeira divisão do futebol em Macau. Após chegar no clube com status de amador, o brasileiro irá disputar a AFC Cup em 2020. Trata-se da segunda competição continental mais importante da Ásia.

Gilmar participou do projeto de profissionalização e do desenvolvimento do trabalho até o clube alcançar a conquista do campeonato nacional, o que permite ao CPK jogar a AFC Cup. Provavelmente, o conhecimento é escasso sobre o local em que a história está acontecendo.

Macau é uma Região Administrativa Especial da China. A região teve uma colonização portuguesa e até hoje é possível encontrar reflexos disso no local, por exemplo, o português como uma das línguas oficiais. Entretanto, o mandarim é a linguagem que predomina na área.
É nessa pequena localidade que o treinador faz história e vê um local em festa com o seu trabalho. Ele explica que a dificuldade no projeto vai muito além de não estar trabalhando em um país sem grande projeção no futebol asiático.

– Encontrei uma equipe que treinava somente três vezes por semana. Após sete anos de existência não tinha nenhum resultado expressivo. O início do trabalho foi difícil, mas ainda assim conseguimos ficar em segundo lugar no primeiro ano – explica o brasileiro.

Gilmar tem duas passagens pelo clube, na primeira precisou interromper o projeto por uma oportunidade de trabalhar na Ucrânia. Lá tornou-se conhecido por ser o primeiro treinador negro da história da primeira divisão do campeonato. Entretanto, o trabalho no FK Lviv não durou muito por questões de licença exigida pela UEFA. Voltou para Macau e deu sequência no projeto.

A disputa da competição internacional mostra a evolução que foi necessária no CPK. A entidade responsável pela organização do campeonato exige que os clubes possuam academias de treinamento para participar. O clube treinado por Gilmar investiu em tal recurso no processo de desenvolvimento.

– Hoje o clube tem jogadores profissionais, alguns deles inclusive são estrangeiros. Também temos o centro de treinamento. O sub-14, por exemplo, ganhou um torneio internacional recentemente – contou Gilmar.

Toda essa evolução parecia inacreditável quando o brasileiro chegou, já que se trata de uma região pequena geograficamente e Tadeu precisou entender melhor tal realidade quando aceitou fazer parte desse processo de mudança.

Ele disse que precisou “buscar informações sobre a liga, sobre o país” e explica também que se deparou com” vários impedimentos”. Mas para Gilmar, isso não foi suficiente para que desistisse de desbravar o futebol em Macau. Hoje, ele colhe os frutos de ter acreditado nessa ideia.

– Com a continuação do projeto, ganhamos o campeonato de 2019, e conquistamos a AFC Cup. Entramos para a história do clube e de Macau. Tivemos o recorde de gols marcados na história da liga, com 118.

É difícil entender a importância de o clube disputar uma competição internacional, já que se trata de uma região “escondida” na rota do futebol, entretanto o resultado em um amistoso recentemente disputado explica um pouco tal realidade. Gilmar contou que um jogo festivo, contra o Guangzhou R&F, terminou em 0 a 0. O resultado da partida, que foi organizada por um patrocinador, causou grande surpresa.

– Todos apostavam que o clube chinês era muito favorito, já que disputam a primeira divisão da China. Empatamos em 0 a 0 e foi uma grande festa aqui, uma resposta pra quem duvida da possibilidade de fazer futebol profissional em Macau. Quando se tem profissionais trabalhando, o resultado é correspondente – concluiu o treinador brasileiro.

O CPK disputa a AFC Cup de 2020 no grupo I, ao lado de Wofoo Tai Po, de Hong Kong, do Tatung FC, de Taiwan e outro adversário a ser definido.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *